sexta-feira, 19 de julho de 2013

“Libertação é alcançada quando a Alma brilha em sua própria divindade. Libertação não é uma nação ou um subúrbio no paraíso onde os moradores aristocráticos garantem bons locais. Libertação é a condição de quem descartou a ilusão. Descarte a ilusão, então a dor será destruída e o contentamento se estabelecerá. Remover o Sofrimento (Dukha-Nivrithi) e alcançar Bem-aventurança (Ananda-Prapthi) acontecem ao mesmo tempo. Sua mente é o vilão, seu outro nome é desejo! Quando você retirar todos os fios de um pedaço de pano, não haverá pano. Igualmente, remova todos os desejos da mente e ela desaparecerá e você alcançará a liberdade! Tristeza e alegria são o anverso e o reverso da mesma experiência. A alegria é quando a dor acaba; a dor é quando a alegria acaba. Assim como você deve arrumar a mesa para dois, quando você convida uma pessoa cega para o jantar (a pessoa cega e seu/sua acompanhante), do mesmo modo, tristeza e alegria são inseparáveis.”
Sathya Sai Baba

Nenhum comentário: