quinta-feira, 9 de maio de 2013

"...A ira alimenta a decepção, a decepção leva à perda da memória, a perda da memória arruína a razão, e a ruína da razão significa a completa destruição.

Mas a alma disciplinada, movendo-se entre os objetos dos sentidos, desligada de gostos e desgostos e mantendo-os sob seu controle, alcança a paz mental.

A paz mental significa o término de todo o mal, pois o entendimento daquele cuja mente está em paz permanece seguro.

O homem indisciplinado não tem entendimento nem devoção; para aquele que não tem devoção, não há paz, e para o que não tem paz, como poderia haver felicidade?

Porque, quando sua mente corre atrás dos sentidos errantes, arrasta ao seu entendimento como o vento empurra um barco sobre as águas.

Portanto, ó Mahabahu (Arjuna), aquele que tem seus sentidos completamente refreados é o homem de entendimento seguro.

Quando para os demais seres é noite, a alma disciplinada está desperta; quando estão despertos os demais seres, é noite para o asceta dotado de visão.

Aquele em quem todos os desejos se apaziguam, tal como as águas megulham no oceano que sem transbordar as recebe, esse homem encontra a paz, não aquele que alimenta a seus desejos..."

Fonte: Bhagavad Gita segundo Gandhi

Nenhum comentário: