terça-feira, 5 de março de 2013


NA ANTIGA GRÉCIA, SÓCRATES, FOI FAMOSO POR SUA SABEDORIA E PELO GRANDE RESPEITO QUE PROFESSAVA A TODOS E, TAMBÉM, PELA VIDA. UM DIA, ESTE GRANDE FILÓSOFO, ENCONTROU-SE COM UM CONHECIDO...
-  Sócrates, sabe o que escutei sobre teu amigo?
-  Espera um minuto, replicou Sócrates, antes que me diga qualquer coisa, quero que faças, um pequeno exame, que chamo de Triplo Filtro.
-  Triplo Filtro? Perguntou o outro, o que é isso?
-  Correto, continuou Sócrates. Antes que me fale qualquer coisa sobre meu amigo, ou sobre qualquer pessoa, pode ser uma boa ideia filtrar três vezes o que vai dizer. Por isso, o chamo de exame do “Triplo Filtro”!
-  O PRIMEIRO FILTRO É O DA VERDADE: Você está absolutamente seguro de que o que vai dizer é certo?
-  Não, disse o homem, realmente só escutei sobre isso.
-  Bem, disse Sócrates, então você realmente não sabe se é certo ou não! Agora me permita aplicar próximo filtro.
-  O SEGUNDO FILTRO É O DA BONDADE: É algo bom o que me vai dizer de meu amigo?
-  Não, pelo contrário!…
-  Então, deseja-me dizer algo ruim dele, porém não está seguro de que seja certo. E, mesmo que, agora quisesse escutá-lo, ainda não poderia, pois falta ainda um último filtro.
-  O TERCEIRO FILTRO É O DA UTILIDADE: Me servirá de algo, saber o que vai dizer do meu amigo?
-  Não, na verdade não!
-  Bem, concluiu Sócrates... Se o que me deseja dizer não é certo, nem bom e tão pouco me será útil, porque eu iria querer saber?








Nenhum comentário: