segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

"Aquele que, por meio do verdadeiro conhecimento, obtém a autolibertação está livre da escravidão dos sentidos e cortou todos os laços mundanos. Removeu todas as tentações e renunciou a todos os desejos. Age prudentemente em todas as circunstâncias, seja na infelicidade ou na felicidade. Jamais parece orgulhoso ou deprimido e é indiferente ao elogio ou à censura. Nenhum desejo, com suas armadilhas, consegue desviá-lo, pois medita e é prudente em suas ações e sabe que os prazeres causam sofrimentos inúteis. Nunca se ofende. Segue a Lei Suprema e não tem nenhuma afeição terrestre. É paciente, firme em seus propósitos. Está livre da cólera. É cumpridor dos deveres. É virtuoso, sem ambições. Não se apega aos prazeres do corpo e sabe o fim de seu próprio sofrimento. Possui sabedoria e distingue entre as ações certas e erradas. É tolerante com o intolerante, suave com o violento e livre da avareza com os avarentos. Aniquilou completamente o ódio, o orgulho e a hipocrisia. É correto no falar, no vestir, no andar. Não nutre desejos, não tem inclinações e eleva-se acima do bem e do mal. Está livre dos prazeres, da impureza e é sereno, impertubável, livre de vaidades. Deixou toda escravidão dos homens, pois é indiferente ao que dá prazer ou sofrimento. Chegou ao fim dos nascimentos e mortes porque vive em plenitude de Conhecimento Universal."

Fonte: Verdade Suprema - Maha Yoga
            Sri Maha Krishna Swami

Nenhum comentário: