quarta-feira, 8 de setembro de 2010


HUA HU CHING - Os ensinamento desconhecidos de Lao-Tsé








Por que apressar-se em procurar a verdade?
Ela vibra em cada coisa e em cada não-coisa, bem diante da ponta de seu nariz.
Você é capaz de ficar calmo e vê-la na montanha? No pinheiro? Em você mesmo?
Não pense que você a descobrirá acumulando conhecimento.
O conhecimento cria dúvida e a dúvida torna você ávido por mais conhecimento,
você não consegue se alimentar plenamente deste jeito.
A pessoa sábia come no jantar alguma coisa mais sutil.
Ela come o entendimento de que o nomeado nasceu do inominado, que todas as coisas fluem do não-ser, que o mundo descritível emana de uma fonte indescritível.
Ela encontra essa verdade sutil dentro de seu próprio eu e fica completamente contente.
Assim, quem consegue se acalmar e olhar o jogo de xadrez do mundo?
Os tolos estão sempre fazendo movimento impulsivos, mas os sábios sabem que a vitória e a derrota são decididas por algo mais sutil.
Eles vêem que alguma coisa perfeita já existia antes que qualquer movimento fosse feito.
Essa perfeição sutil deteriora quando se assumem atitudes artificiais, portanto, fique contente por não perturbar a paz. Permaneça quieto. Descubra a harmonia em seu próprio ser. Abrace-a.
Se conseguir fazer isso, você ganhará tudo, e o mundo voltará a ficar saudável.
Se não conseguir você ficará para sempre perdido nas sombras.

Nenhum comentário: